Condromalácia Patelar - Conheça o Tratamento completo





https://www.youtube.com/watch?v=Vu2-CRCvzrw

Condromalácia Patelar - Exercício Isométrico e Alongamento Recomendados

Como subir e descer escadas sem sentir dor - Condromalácia Patelar



Dieta e Suplementação para tratar a Condromalácia Patelar

"Faça do seu alimento o seu remédio, e do seu remédio o seu alimento" já dizia o Pai da Medicina, Hipócrates!

Todo tratamento de saúde que não engloba a alimentação é incompleto. E no caso da Condromalácia Patelar não poderia ser diferente. Principalmente por ser uma patologia inflamatória e degenerativa, é preciso uma dieta antiinflamatória e que estimule a regeneração para combatê-la. Vou dar algumas dicas básicas, que poderão ser aplicadas por todos, e os efeitos da boa alimentação serão instantâneos.

Você terá que cortar da sua alimentação:

  • Açúcar e derivados
    • descalcifica os ossos e regride todos os processos de cicatrização/regeneração do organismo.
  • Farinha de trigo e derivados
    • aumenta os níveis de insulina que é um hormônio que em excesso se torna inflamatório; 
    • quando a farinha é digerida é absorvida se torna açúcar causando o mesmo mal dele; 
    • impede os intestinos de absorverem corretamente as vitaminas
    • incentiva a colonização de bactérias patogênicas no intestino, gerando uma inflamação crônica generalizada no organismo; 
    • novas pesquisa já ligam o consumo de farinha de trigo a doenças auto-imunes e crônico degenerativas também por causa da permeabilidade intestinal causada pelo glúten.
  • Produtos industrializados 
    • suas químicas roubam nutrientes do organismo
    • atrapalham o correto funcionamento dos intestinos na sua missão de controlar o Sistema Imunológico
    • agem intoxicando e inflamando o organismo. 
  • Café
    • Poucos sabem mas o café é um dos piores inimigos das pessoas que tem problemas ósteo-articulares, ele estimula a retirada do cálcio dos ossos e posterior eliminação na urina
  • Refrigerantes
    • Os refrigerantes são os maiores degeneradores de cartilagem que existe - DEVEM ser os primeiros a sumirem da sua dieta

Você deverá adicionar na sua alimentação:

  • Água, muita água. Beba até 2 litros por dia. Compre uma garrafinha e leve para onde for se preciso.

Bactérias Intestinais

Toda inflamação presente no organismo começa no intestino. Por isso é importante consumir apenas alimentos antiinflamatórios e fazer o consumo frequente de probióticos (iogurte natural integral, Lactofós, etc.) Nas bactérias do seu intestino (nas benéficas é claro) também são produzido todos os "remédios naturais", (antibiótico, anti-inflamatório, vitaminas do complexo B, vitamina K, etc) que serão utilizados pelo seu corpo para vencer a patologia. Isso mesmo, o seu intestino é o portal da sua saúde. Cuide dele com carinho. Dependendo do caso, se preciso, até lavagens intestinais são recomendadas.

Suplementos Alimentares

A vitaminas principais que ajudam na Condromalácia Patelar são:

  • Vitamina C - Além de potencializar o sistema imune, age diretamente na síntese de colágeno.
  • Glucosamina + MSM - Componentes da cartilagem, ajudam na sua renovação.

Uma dica de cardápio:


Vou resumir aqui então um cardápio antiinflamatório, que poderá dar uma noção de o que comer e em quais refeições.


  1. Refeição Matinal: Ovos, queijo, iogurte natural integral, manteiga, frutas (abacate, banana, etc.), suco verde (feito com vegetais crús), carnes (isso mesmo, se quiser um proteína pela manhã cai muito bem!), aipim, etc.
  2. Almoço: Arroz integral, feijão, carboidratos complexos (inhame, batata doce, etc) carne, salada, vegetais, legumes e verduras. 
  3. Lanche: Qualquer opção da refeição matinal.
  4. Janta: Qualquer opção do lanche, ou um almoço mais leve.

Viram como é simples?

Agora algumas dicas básicas para quebrar alguns paradigmas nutricionais que a mídia divulga com interesses obscuros:


  • Nem todas as pessoas devem comer 3x ao dia
  • Gordura não faz mal. A única gordura que faz mal é a dos óleos vegetais quando levados para fritura.
  • O que faz mal são os carboidratos refinados, açúcar, trigo e produtos industrializados.
  • Colesterol também não faz mal, 70% é produzido pelo seu fígado, e se ele está alto é por causa do alto teor de açúcar na sua dieta, que inflama as artérias e veias e ele é mobilizado para cicatrizar o local.
  • Sua dieta deve então ser 60% de gordura, 20% de carboidratos (complexos) e 20% de proteínas.
  • Para preencher os 60% de gordura você deve ingerir muito abacate, coco, água de coco, azeite de olive extra virgem prensado a frio, óleo de linhaça extra virgem prensado a frio, manteiga, etc. Lembrando que 1g de gordura tem mais que o dobro de calorias do que os carboidratos e proteinas. Então você não precisará comer a mesma quantidade de gorduras que comia de carboidratos.
  • Sei que a notícia da gordura é muito impactante por ser uma farsa antiga da indústria alimentícia, depois posto um tópico só a respeito disso.

Para entender melhor este assunto acesse: www.dietalowcarb.org

Sopa de Osso / Pé de galinha caipira

Este é o melhor alimento que você pode preparar para ajudar na recuperação do joelho. Ele na verdade traz muito mais benefícios para saúde do que isso, pois limpa o intestino e remineraliza todo o organismo. Mas vamos nos focar no assunto principal do blog.

A forma de fazer é a seguinte:

Você compra osso de boi (pode ser de peito ou de costela, pede pro cara cortar) e faz um tempero e manda pra panela. (pode ser feito também com pé de galinha caipira)

Ai você tem que deixar fervendo o maior tempo possível, pelo menos 3 horas e chegando até a 48horas. Quanto mais tempo ficar, mais ele vai retirar os minerais do osso que ficarão totalmente disponíveis na sopa para o seu intestino absorver ;)

A fervura deve ser em fogo baixo/médio, com a tampa meio aberta. Não pode ser feita na pressão.

Você pode também separar o líquido da sopa e colocar em potinhos, e acrescentar na comida quando for preparar.

É barato e é funcional! Faça agora! Sua saúde agradece ;)

Arrume sua pisada com o tênis certo - Condromalácia Patelar

Já falei a respeito disso no vídeo, mas como considero um assunto crucial vou fazer esta postagem especial só sobre este assunto.

Existe um motivo principal para o desenvolvimento da Condromalácia Patelar - Uma pisada torta. 

Isso mesmo a sua pisada comanda toda a forma do seu corpo. 

Se você estiver pisando torto, muitas dores vão aparecer, pois no momento que você pisa torto, a sua patela também irá na mesma direção, assim como o quadril, saindo do alinhamento natural e provocando o atrito com o osso, gerando a degeneração.  

Não adianta você sair voando, dar cambalhota, andar sobre a água, fazer o tratamento mais incrível da terra, se você não corrigir sua pisada. Pois com a pisada torta, mais cedo ou mais tarde o problema vai voltar.

E isso afeta todas as articulações: Começando pelo tornozelo, joelho, bacia, coluna e pescoço. Então está esperando o que para arrumar a sua pisada?

Mas você logo pode pensar: Está certo então, vou pôr uma palmilha ortopédica e.... Não não não. Palmilha ortopédica NÃO! Ela age como se fosse uma muleta, e não resolve o problema.

Vamos lembrar lá atrás, na postagem sobre o Método GDS de cadeias musculares, onde definimos que a função governa a forma. Assim, não adianta uma palmilha que tente arrumar a forma se a função (a forma de pisar) estiver incorreta. Pois logo que você deixar de usar a palmilha, a forma irá ficar torta de novo... :(

Para corrigir a forma é preciso estar fazendo a função do jeito correto. Pisando da forma correta, ou seja fazendo a função do jeito correto a forma também ficará correta! (confuso? nem tanto, vamos pra parte prática!)

Como é minha pisada

Este infográfico irá te ajudar a descobrir qual a sua pisada:




O tênis ideal

Agora a escolha do tênis que poderá te ajudar a corrigir a sua pisada.

Com este tênis é diferente, pois ele não irá corrigir a forma da sua pisada, mas a sua forma de pisar. Existe toda uma ordem para se fazer a pisada da forma correta. Ela consiste em primeiro o calcanhar, pra depois o pé descer até o 1º artelho. Vai ficar mais fácil entender isso no meu próximo vídeo. Vamos continuar falando do tênis...

Primeiramente as 2 melhores marcas neste quesito são: 





Sabendo as marcas o que você deve fazer é entrar no site oficial destas marcas, ir na descrição do tênis e procurar o que é específico para sua pisada.

É importante ressaltar que a pisada supinada também é chamada de subpronada.

Vejam o modelo específico para sua pisada antes, caso vocês forem comprar numa loja, pois os lojistas sabem muito pouco sobre o assunto.

Outra coisa, vejam esta informação no site oficial, pois em outros sites de vendas, é capaz das informações não estarem 100%, e você vai arriscar comprar o tênis errado?

Na dúvida, primeiro vê no site oficial qual o tênis para sua pisada. Depois você pode compra-lo em outro site ou em uma loja, o que você achar melhor. 

Para ajudar quem tiver a pisada supinada (ou subpronada), que é uma minoria e por isso não tem muitas opções de modelos como para as pessoas com pisada pronada (que tem 10x mais modelos a disposição) vou dar a dica. Os dois da Mizuno que eu encontrei para pisada supinada foram:


  • Wave Creation - (O que eu comprei)
  • Wave Prophecy


Quem tiver pisada pronada vai encontrar uma renca da mizuno, assim como uma linha toda da asics para este tipo de pisada. Não vai precisar de mais essa ajudinha ;)

E reiterando - Se você não está com um calçado que esteja acertando o seu jeito de pisar, você está parado no tratamento! Compre o quanto antes e de preferência jogue fora (Ou dê pra quem quiser) seus calçados que já estão viciados na sua pisada antiga, pois eles estarão sempre regredindo sua situação de saúde.

Espero que todos possam adquirir os calçados que irão beneficia-los, e aguardo também os comentários da diferença que sentiram ao usar estes calçados.

Se você ainda não entrou no nosso grupo do Facebook está esperando o que para interagir com a maior comunidade online sobre Condromalácia Patelar do Brasil?

Acesse: https://www.facebook.com/groups/condromalaciapatelar/

Forte Abraço
Turi

Profissionais que apliquem próloterapia - Onde encontrar?

Muitos colegas que lutam contra o problema me passam esta pergunta. Acontece que apesar de ser uma terapia muito funcional, ainda não é muito difundida.

Foi inventada por uma clínica americana que faz o maior sucesso por lá.

Por isso, infelizmente, eu não conheço nenhum profissional que faça a prólo tirando o meu médico.

O que posso recomendar para ajudar vocês é procurarem um médico que trabalhe com ozônioterapia, pois ele não terá dificuldades de fazer a aplicação em vocês. Se ele não conhecer o método, basta enviar para ele um texto a respeito (no Google tem um monte e aqui no blog também).

Para encontrar um profissional de ozôniterapia na sua cidade entre em contato com a Associação Brasileira de Ozônioterapia: http://www.aboz.org.br/fale-conosco.cfm

É isso, espero que todos possam encontrar bons profissionais para que possam também voltar a ter uma vida normal.

Sejam felizes!



Profissionais de Cadeias Musculares método G.D.S.

Amigos, tenho indicado aqui no Blog o tratamento que mudou minha vida em relação a Condromalácia Patelar.

Dieta antiinflamatória + Sessões de Cadeias Musculares + Aplicação de Próloterapia

Acontece que tenho visto algumas pessoas falando que encontraram profissionais de Cadeias Musculares fazendo coisas muito diferentes, e até prejudiciais, em comparação ao meu tratamento.

Então vou postar aqui o link do Site da Associação de Praticantes do método, em que vários profissionais estão listados. Ai é só procurar um mais perto da sua casa:

http://www.apgds.com.br/homolog/socios.aspx

Lembrando que o profissional que eu me trato e recomendo é:

Em Niterói - RJ

Cadeias Musculares 
Dr. André Cancela 
Marcar Consulta: andre.cancela@yahoo.com.br

Espero que todos encontrem um bom profissional, se curem e sejam felizes!


abs
Turi



Compartilhamento de Experiências - Condromalácia Patelar

Alguns leitores do Blog/Página do Facebook deram a idéia de criar um grupo no Facebook para compartilharmos nossas experiências. Então aqui está:https://www.facebook.com/groups/643587015668798/


  • Grupo para todas as pessoas que lutam contra este problema: Condromalácia Patelar - Conheçam o site com o tratamento que resolveu pra mim: www.condromalaciapatelar.org



Sopa de Osso - O melhor alimento para articulação!

Este é o melhor alimento que você pode preparar para ajudar na recuperação do joelho. Ele na verdade traz muito mais benefícios para saúde do que isso, pois limpa o intestino e remineraliza todo o organismo. Mas vamos nos focar no assunto principal do blog.

A forma de fazer é a seguinte:

Você compra osso de boi (pode ser de peito ou de costela, pede pro cara cortar) e faz um tempero e manda pra panela.

Ai você tem que deixar fervendo o maior tempo possível, pelo menos 3 horas chegando até a 48horas. Quanto mais tempo ficar, mais ele vai retirar os minerais do osso que ficarão totalmente disponíveis na sopa para o seu intestino absorver ;)

Você pode também separar o líquido da sopa e colocar em potinhos, e acrescentar a comida quando for preparar.

É barato e é funcional! Faça agora! Sua saúde agradece ;)

Forte Abraço
Turi Souza



Como subir e descer escadas do jeito certo

Amigos, em um post anterior falei a respeito de subir escadas na condromalácia. Para quem já está em tratamento, é até recomendado subir escadas de vez em quando, mas evitar ao máximo ter que desce-las.

Como já havia explicado antes, quando você sobe, você fortalece os músculos, mas quando você desce, você só força a articulação.

Mas é preciso subir da maneira certa: (Se você preferir clique aqui para acessar um vídeo que gravei posteriormente a respeito deste assunto.)

- Pisar com metade do pé apenas nos degraus. Só a parte da frente até o meio, deixando a sola para fora do degrau

- Lembrar de fazer o molejo com o quadril. Não podemos nem andar com o quadril duro, muito menos subir escadas. Prestar atenção se o umbigo está acompanhando as pernas para a direita e para a esquerda.

- Procurar olhar para frente, e não para baixo (atenção para quem tem outros problemas (vista, equilíbrio) desconsiderem esta dica).

E descer, se não tiver outro jeito, você pode evitar maiores problemas:

- Utilizando o corrimão como apoio para que o seu peso não recaia sobre a articulação;

- Quando descer encostar sempre primeiro a ponta do pé, para depois descer o resto do pé até o calcanhar. Assim você evita um sobrecarga qualquer na lombar.

Por enquanto é isso. Depois vou fazer um post com várias dicas de como andar corretamente também.

abs
Turi




O que é a Proloterapia





Amigos, achei um texto na internet explicando bem direitinho o que é a proloterapia.

Fonte: http://www.tuasaude.com/proloterapia/

Proloterapia, ou terapia injetável, é uma técnica médica usada para o tratamento de dores articulares. A técnica consiste no uso de injeções para regenerar tecidos lesionados, como os tendões e ligamentos inflamados, que causam dor e desconforto ao paciente.
A proloterapia envolve a aplicação de uma solução através de um orifício capilar de uma área lesionada. Esta aplicação é interpretada pelo corpo como uma nova lesão e entra em um processo de cicatrização, para duplicar a capacidade de regeneração do tecido, garantindo assim a eficácia da técnica.
Existem três tipos de soluções usadas na proloterapia, são elas: os irritantes químicos (fenol), os agentes osmóticos (glicerina e glicose hipertônica) e os agentes quimiotáticos (derivados do óleo de fígado de bacalhau).
Vários são os benefícios proporcionados pela proloterapia, entre eles o fortalecimento da musculatura e o aumento da sua elasticidade. A técnica é indicada para atletas ou para qualquer pessoa que venha a sofrer lesões nas articulações. Porém, deve ser aplicada por um profissional qualificado, para evitar possíveis problemas, como o aumento das dores após a aplicação. Devem ser feitos exames posteriores para acompanhar a regeneração das lesões.

--

É isso, agora encontrem um médico que aplique e comecem o tratamento junto com as cadeias musculares. Assim você poderá dar Adeus à Condromalácia Patelar!



Forçar a articulação do joelho = crime inafiançável na Condromalácia Patelar

Amigos, a alguns dias uma leitora do Blog me relatou que havia encontrado uma profissional fisioterapeuta que disse que trabalhava com o método GDS de cadeias musculares.
Acontece que nas 3 primeiras sessões a fisioterapeuta havia forçado a articulação do joelho dela, coisa que já disse aqui no blog, é abominável na condromalácia patelar.

Caso qualquer um de vocês estejam se tratando com um profissional que nas primeiras sessões força a articulação do joelho, saia correndo dele como o diabo da cruz.

O tratamento tem que começar com exercícios isométricos para alinhamento da patela, e depois do alinhamente é feito o fortalecimento muscular de todos os músculos do corpo, e principalmente da perna para fazer a patela funcionar bem.

Com o andamento do tratamento, a marcha é corrigida, pois quase sempre ela é a raiz do problema ter aparecido, pois por estar se andando errado, a patela é forçada para uma direção anormal, e com o tempo, o atrito gera a degeneração.

Procurem um bom profissional de Cadeias Musculares o quanto antes. E bom tratamento a todos.

Para os que já estão fazendo o tratamento, me informem da evolução.

abs
Turi



Consciência Muscular e Livro Recomendado

Amigos, andei meio distante deste blog devido a alguns novos projetos que estou trabalhando, além da faculdade, trabalho, etc.

Mas quero deixar claro que a cada dia que passa me sinto melhor com o tratamento. Uma das coisas que senti uma grande diferença com as cadeias musculares é a consciência muscular que eu adquiri. 

Agora consigo ativar músculos da minha perna que antes eu nem sequer sabia que existia, assim posso ficar muito mais tempo em pé, andar, correr até quando preciso, sem forçar a patela e nem sentir dor depois! Maravilha!

Um livro que fala sobre uma das pessoas que influenciaram a criação da técnica das "Cadeias Musculares" e recomendo muito a leitura por até ensinar alguns "exercícios" muito interessantes é o "O corpo tem suas razões".


Livro - Corpo Tem Suas Razoes O - Antiginastica

No mais é isso meus amigos. Continuo fazendo as sessões de cadeias musculares e aguardando a data para a próxima próloterapia. Graças a essas duas estou levando uma vida normal, sem dores e sem limitações. Outro dia mesmo trabalhei forte no sítio, e até ajudei a desatolar o carro de meu pai. E meu joelho fingiu que nem foi com ele.

Já conversei com meu médico e em breve irei receber mais informações dele sobre a Próloterapia para poder divulgar no Blog.

Me mantenham informado dos progressos de vocês!
Desejo saúde a todos!
Forte abraço!
Turi




Cadeias Musculares - Método G.D.S. x Condromalácia Patelar

Como a maioria dos leitores que acompanham o blog já sabem, o tratamento que mudou a minha vida é uma soma de aplicações de próloterapia e sessões de cadeias musculares. Até aqui eu já fiz 2 aplicações de próloterapia (são de 6 em 6 semanas) e 10 sessão de Cadeias Musculares (2x por semana).

Sempre que falo das minhas sessões de Cadeias Musculares prometia um texto mais explicativo a respeito do que é este método de tratamento fisioterapêutico.

Agora vou poder cumprir a minha promessa.

Segue o texto do meu fisioterapeuta o Dr. André Cancela a respeito do assunto:

O Método GDS de Cadeias Musculares tem na sua prática a biomecânica e uma leitura comportamental. Seus principais objetivos são a prevenção, o tratamento da postura e a boa FUNÇÃO corporal.


Este método teve início nos anos setenta pela sua criadora GODELIEVE DENYS STRUYF, que desenvolveu uma forma de observação do corpo, no espaço e no tempo, na estática e no movimento.

O GESTO, a postura e a forma foram seus principais focos de observação, desenvolvendo um olhar globalizado permitindo um protocolo de tratamento individual.

São seis cadeias musculares ou tipologias que vão expressar no corpo uma manifestação única.

A partir da atitude dessas Cadeias Musculares, podemos tecer ou traçar estratégias para o tratamento de lesões, desfazer aprisionamento muscular, levar a ausência do quadro álgico possibilitando uma expressão livre de movimento.

É importante observar o terreno a ser trabalhado para que se defina um protocolo terapêutico, a fim de equilibrar essas cadeias, promover um ajuste ósteo-articular desenvolvendo uma boa função corporal.

"GESTO JUSTO"

Como o texto acima explicou, através da correção da postura, da função, podemos moldar a forma. Assim, quando corrigimos a nossa pisada, nossa marcha, nosso andar, sentar, etc, estaremos agindo para correção das morbidades osteo-articulares.

Nós temos no corpo mais de 600 músculos, mas utilizamos apenas 50 em nosso dia a dia. Se passarmos a utilizar todas estas cadeias musculares ao nosso favor, temos tudo para obter uma boa saúde.

Recomendo ele para condromalácia patelar pela ótima experiência que tenho tido, mas pelo que venho aprendendo vejo que ele pode ajudar em todos os problemas de saúde que se originam da parte óssea articular do organismo.

Em breve vou postar algo mais técnico também sobre a próloterapia. Estou só esperando uma orientação do meu médico.


Me contem seus progressos nas sessões!
Um forte abraço para todos!
Turi



10º sessão de Cadeias Musculares - G.D.S.

Amigos, ontem foi a minha décima sessão de cadeias musculares.

É incrível a mudança que já tive em minha saúde desde a primeira sessão.

Apesar de tantos progressos ainda tenho muito o que alinhar em meu corpo.

Por a tantos anos pisar incorretamente, meu maléolo distal da perna esquerda é bem mais baixo que o medial, e isto ainda me dará bastante suadouro para resolver.

Estou começando em uma fase nova agora do tratamento, dando mais atenção aos músculos laterais do corpo.

Continuo firme e forte, prestando principalmente bastante atenção na minha pisada, que foi meu calcanhar de Aquiles por todos estes anos.

Estou sem dor, e feliz de ter uma vida normal. 

Exatamente quando completo esta décima sessão, fiz também a minha segunda aplicação de próloterapia como já disse em outra postagem, e sinto meu joelho bom como nunca!!!

Depois vou postar um texto do meu fisioterapeuta explicando direitinho o que é a Cadeias Musculares G.D.S.

Um forte abraço a todos!
Espero que estejam evoluindo em seus tratamentos também!
Me mantenham informado!
Turi




Minha segunda aplicação de próloterapia

Amigos, hoje fiz a minha segunda aplicação de próloterapia, 6 semanas depois da primeira.

Já estou em outro estágio de quando tomei a primeira, pois estava começando o tratamento na época e ainda não tinja iniciado as sessões de cadeias musculares. Na época minha patela estava desalinhada e o conforto que sentir após a aplicação foi incrível.

Agora que minha patela esta alinhada então creio que o efeito será ainda melhor!

Meu joelho está até um pouco dolorido ainda da agulha, mas me sinto muito feliz por estar fazendo este tratamento e cada dia mais voltando a ter uma vida normal.

Cada dia mais tenho certeza que encontrei o caminho certo para cura do meu problema.

Aos amigos que quiserem fazer aplicação com o Dr. Eduardo Almeida, meu médico, recomendo enviarem email para sonia.arzt@gmail.com , a secretária dele, e marcar uma consulta.

Lembro-lhes que ele não só aplica a próloterapia mas recomenda toda a parte de alimentação, suplementação e outras dicas. Pra mim é o melhor médico do Brasil, e quem puder deve com certeza marcar uma consulta com ele. A próloterapia faz parte do tratamento, mas ele que vai analisar cada caso e o momento de cada terapia a ser aplicada. O cara entende das coisas!

Depois vou fazer uma postagem explicando resumidamente como funciona a próloterapia.

Um forte abraço para todos!
Bom Tratamento!
Turi




Subir escada x Condromalácia Patelar

Um dos meus piores inimigos antes de começar a fazer este tratamento para condromalácia era as escadas.

Um degrau era o meu desespero. Sempre jogava pra outra perna. Se fosse uma escada então subia quase que agarrado no corrimão!

Mas graças a Deus, e a alguns bons terapeutas, estes tempos mudaram!

Hoje quando eu vejo uma escada eu não perco a oportunidade de subi-la. Isso mesmo, subir escadas é um bom exercício para as pernas. Mas lembrando que só faço isso agora, depois de ter começado o tratamento com Próloterapia e Cadeias Musculares.

Após o realinhamento da minha patela, proporcionado pela Cadeias Musculares tudo mudou na minha vida. Pisando da forma correta, a patela não é forçada nem pra fora nem pra dentro, e os músculos cumprem a sua função de dar apoio ao movimento.

Agora, uma coisa muito importante de saber, é que descer escada mesmo, eu ainda evito muito! Todos os benefícios que tem em subir escadas se perde quando você desce. Na subida os músculos te ajudam no movimento, na descida o impacto recai sobre a articulação do joelho e sobre a lombar.

Então o que eu faço, eu subo de escada e desço de elevador ;)

E quando por acaso preciso descer de escada, uso bastante o corrimão para diminuir o impacto.

Um forte abraço para todos!

Bom tratamento, muita saúde e muita paz!

Turi



O perigo de forçar a articulação com condromalácia patelar

Ví em um fórum outro dia, uma pessoa relatando que havia ido ao fisioterapeuta e ele tinha forçado a articulação dela, pressionando a perna dobrada, e ela tinha sentido piora, se isso estava certo ou não.

Conversei com meu fisioterapeuta (Dr. André Cancela) e confirmei o que já sabia!

NUNCA uma articulação com condromalácia patelar deve ser forçada. O que deve ser feito é trabalhar os músculos em volta dela para que ela funcione da forma correta.

Existem muitos fisioterapeutas bem intencionados por ai, mas infelizmente nem todos tem experiência com Condromalácia patelar. Eles vão querer forçar a sua articulação, ou ainda colocar gelo! FUJA destes fisioterapeutas.

Procure um que trabalhe com Cadeias Musculares, este poderá te ajudar por completo.

Forte abraço!
Turi


Nunca use gelo na Condromalácia Patelar

O que vou dizer aqui hoje é uma coisa que me foi falada pelo meu fisioterapeuta, o Dr. André Cancela, que eu inclusive já tinha notado antes de conhece-lo, no correr do meu tratamento.

O gelo, pode ser utilizado só nas primeiras horas de uma lesão. Se o problema for crônico degenerativo (como a condromalácia) nunca deve ser usado o gelo. Ele só vai piorar a situação.

Por isso, se o seu fisioterapeuta, muito bem intencionado por sinal, quiser colocar gelo no seu joelho, fuja disso como se o fosse o diabo da cruz.

Até em outros problemas que eles costumam a aplicar gelo, não é recomendado, pois se a inflamação for tratada com gelo, o frio poderá penetrar, e toda vez que houver uma mudança de tempo, a pessoa irá sentir dor novamente.

Então esta é a dica de hoje. Na condromalácia use apenas calor. Compressa quente, banhos, etc.

Um abraço!
Saúde e paz para todos!
Turi



Um pouco da minha história - Condromalácia Patelar

Tudo começou quando eu tinha 1 ano e meio de idade, e desenvolvi uma artrite séptica em um dos joelhos, o direito, o que causou uma grande diferença entre um e outro.

O tempo passou e lá pelos 19 anos de idade eu estava a mil por hora, malhando, surfando, jogando futebol nos finais de semana, etc.

Acontece que em um feriadão acabei jogando bola demais, e lesionei minha cartilagem patelar, do joelho esquerdo, que já vinha sendo forçado a muitos anos.

Claro que não soube disso logo de cara, e passei um mês mancando, achando que a dor ia passar sozinha... Mas o tempo foi passando e isto não aconteceu.

Então resolvi procurar um ortopedista, e ai começou a minha odisséia. Porque fui da mão de um pra mão de outro, somando com fisioterapias e ninguém sabia ao certo o que eu tinha. Teve um que até marcou uma cirurgia dizendo que eu estava com os ligamentos rompidos :o Fiz trocentas fisioterapias e nada adiantava...

Ai, nessa bagunça, uma amiga me levou em um clínico geral de sua confiança, e ele me passou um ressonância magnética, e então o problema foi diagnosticado.

Mas isto também não ajudou muita coisa, continuei fazendo trocentas fisioterapias (e é incrível como fisioterapeutas incompetentes e bem intencionados podem piorar o problema da condromalácia patelar) e tomei muitos remédios, antiinflamtórios, até drogas pra tirar a dor que depois eu ví serem proibidas em alguns países os "médicos" me passaram.

Tomei cortizona no joelho, e tudo o que você possa imaginar. 

Cheguei a ir pra Brasília (resido em Saquarema - RJ) fazer um tratamento com um Ortomolecular famoso de lá, e foi por ai que comecei a encontrar o fio da meada da minha cura.

Fiz as alterações na alimentação que são necessárias e comecei a fazer aplicações de ozônioterapia, que ajudaram bastante. Mas ainda não estava me sentindo normal novamente. Pois sempre tinha que estar lá fazendo a ozônioterapia.

Neste tempo, conheci pessoas muito legais do Instituto Roberto Costa que trabalham com Nosódios, e comecei a me tratar com eles também. Senti um efeito paliativo bem bom, e por achar mais barato que o ozônio fiquei me tratando com estes nosódios por um bom tempo.

Agora, a pouco tempo, voltei a procurar o Médico aqui no RJ que fez algumas aplicações de ozônio em mim, e resolvi marcar uma consulta com ele. Na consulta ele me recomendou procurar um profissional de Cadeias Musculares e fez uma aplicação de Próloterapia no meu joelho.

Com esta aplicação eu já comecei a sentir uma coisa realmente diferente acontecendo ali, e depois da primeira sessão de Cadeias Musculares minha vida nunca mais foi a mesma.

Até reanimei de reativar este blog e compartilhar com o mundo a minha alegria de poder subir escadas e carregar peso sem medo de ser feliz.

Espero poder ajudar algumas pessoas com estas informações, que todos possam voltar a ter uma vida normal, sem dores e sofrimento.

Um abraço Forte
Turi 




7º Sessão de Cadeias Musculares - Me livrando da Condromalácia Patelar

Ontem fui em mais uma sessão de Cadeias Musculares com o Dr. André Cancela.

Novamente foram 50 minutos de exercícios de isometria (realinhamento postural do corpo inteiro), acordagem dos músculos e resistência.

Desde a primeira sessão já senti uma melhora de 90% no problema, e a cada sessão me sinto mais firme e seguro para andar e subir escadas. Ontem foi a 7º sessão.

É incrível como são atividades simples, que trabalham diversos músculos e através disto proporcionam o uso correto do corpo pelo próprio organismo.

Estou tentando explicar com minhas palavras é claro, depois vou ver se consigo o Dr. André para dar uma explicada mais clara sobre o que é a Cadeias Musculares G.D.S. e a sua influência na saúde de todo o corpo e na condromalácia patelar.

Cada dia estou mais feliz e satisfeito de depois de anos na mão de profissionais incopententes, depois de até ter quase desistido, ter encontrado uma fisioterapia que realmente resolveu o problema.

Daqui a uma semana mais ou menos vou fazer também minha segunda aplicação de próloterapia. Manterei todos informados!

Um abraço!
Turi




O que é Condromalácia Patelar


Sei que parece besteira, mas muita gente chega aqui no blog com diagnóstico de condromalácia patelar e nem sabe o que é. Por isso fiz esta postagem explicando resumidamente.

O que é:

A condromalácia Patelar, também chamada de "joelho do corredor" ou condropatia patelar, é um desgaste da articulação do joelho que tem cura* e manifesta-se através de sintomas como dor profunda no joelho e à volta da rótula ao realizar determinados movimentos.
A condromalacia patelar é causada especialmente pelo desalinhamento da patela, associado com o enfraquecimento dos músculos do quadríceps, pelo formato do joelho do indivíduo ou ainda pelo posicionamento do seu pé. Estas condições quando associadas ao excesso de peso e ao esforço repetitivo são as maiores causadores da doença.

Sintomas da condromalacia patelar

Os sintomas da condromalacia patelar incluem:
  • Dor no joelho ao subir e descer escadas, correr ou levantar-se da cadeira, por exemplo;
  • Dor em volta da rótula do joelho especialmente ao dobrar a perna;
  • Ardência ou dor no joelho ao ficar com a perna dobrada por algum tempo;
  • Sensação de crepitação (ter areia dentro do joelho) ou estalos no joelho;
  • Pode haver inchaço no joelho.

Graus da condromalacia

Segundo Outebridge, os graus da condromalacia patelar são:
  • Condromalacia patelar grau 1: amolecimento da cartilagem e inchaço;
  • Condromalacia patelar grau 2: fragmentação da cartilagem ou rachaduras com diâmetro inferior a 1,3 cm de diâmetro;
  • Condromalacia patelar grau 3: fragmentação ou rachaduras com diâmetro superior a 1,3 cm de diâmetro;
  • Condromalacia patelar grau 4: erosão ou perda total da cartilagem da articulação em questão, com exposição do osso subcondral.